RedeTV! tenta se tornar dona da TV Globinho, mas leva invertida na Justiça da Globo

A RedeTV! tentou se tornar a dona da marca TV Globinho, que deu nome à sessão de desenhos animados que ocupou o horário matinal da Globo entre 2000 e 2015. A TV de Amilcare Dallevo Jr. Marcelo de Carvalho entrou com pedido no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), órgão do Ministério da Justiça que regulamenta registros de nomes e patentes. Entretanto, a Globo conseguiu barrar o pedido e continuou com a posse do título e da logomarca do programa. Foram obtidos pelo site Notícias da TV documentos que comprovam o pedido irreverente da lanterna de audiência entre as grandes redes de TV no ano passado, e a RedeTV! não explicou qual era a estratégia por trás da tentativa de registro.

Renato Aragão tem fortuna astronômica, compra cidade inteira e vende para a Record por milhões

Após a solicitação da RedeTV!, o INPI enviou notificação à Globo e questionou se a emissora carioca gostaria de fazer qualquer oposição. Ligeiramente, a emissora líder se manifestou, deixando claro o interesse em manter a nomenclatura em sua posse, e agilizou a renovação da marca até 2027.

Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho, donos da RedeTV!, não esclareceram motivos de pedido no INPI, Foto: Reprodução/InternetAmilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho, donos da RedeTV!, não esclareceram motivos de pedido no INPI, Foto: Reprodução/Internet

A TV Globinho foi uma atração infantil dedicada à exibição de desenhos animados nas manhãs da Globo. Deixou de ir ao ar durante a semana em 2012, para dar lugar ao Encontro com Fátima Bernardes. O programa passou a ser exibido apenas aos sábados até 2015, quando foi cancelado e substituído na grade da emissora carioca pelo É de Casa.

Após ser afastado do SBT, Ratinho descobre doença e revela estado de saúde: “Há algum tempo”

Nos bastidores, de acordo com o que foi apurado, o pedido de registro causou espanto. Não há nenhum projeto em andamento ou qualquer razão que justifique o interesse da RedeTV! pela marca TV Globinho. Principalmente porque o executivo Marcelo de Carvalho não faz questão alguma de esconder suas críticas à Globo. Nesta semana, o empresário chegou a tecer comentários negativos contra William Bonner pela forma como o âncora tratou Jair Bolsonaro (PL) durante a entrevista do candidato à reeleição no Jornal Nacional na última segunda-feira (22).

Notícias semelhantes