Topics quentes fechar

Mulher que deixou clientes na mão na ceia de Natal em 2020 tira férias

Clientes de Roseli de Assis Rodrigues, 39 anos, relataram que receberam produtos estragados e com muito atraso. Ela alegou que passou mal

“Amigos e clientes, estou de férias. Volto no começo de janeiro.” Assim escreveu a cozinheira Roseli de Assis Rodrigues, 39 anos, em uma rede social na quarta-feira (22/12), a três dias do Natal. Ela ficou conhecida no ano passado, quando “deixou na mão” mais de 100 clientes que encomendaram a ceia para o dia 25 de dezembro em São Vicente, litoral de São Paulo.

Na ocasião, clientes relataram que a comida estava com cheiro ruim, como se estivesse estragada, ou sequer havia sido entregue pela cozinheira. Nas redes sociais, o caso viralizou e Roseli virou “meme”. Algumas pessoas brincaram com “expectativa X realidade”, por exemplo.

cozinheira que virou meme por atrasos em ceia de natal tira fériascozinheira que virou meme por atrasos em ceia de natal tira férias

Cozinheira que virou meme por problemas com entrega de ceias tira férias em 2021Reprodução/Facebook

ceia são vicente 2ceia são vicente 2

Caso viralizou nas redes sociaisReprodução

ceia são vicenteceia são vicente (1)

À esquerda, imagem divulgada para clientes, e à direita, a ceia entregue pela cozinheiraReprodução

ceia são vicente 3

Na ocasião, ele pediu desculpas pelas redes sociaisReprodução/Facebook

0

Roseli alegou, em entrevista ao g1, que houve um acidente com a mesa de tortas. Com isso, ela passou mal e não conseguiu atender as ligações dos clientes, revoltados com a situação. Uma delas contou ao portal que, após não ser respondida, foi à casa da profissional. “Fomos até a porta dela às 18h, depois de centenas de ligações não atendidas, e saí de lá às 0h”, disse.

Mais sobre o assunto

E não foi só um. Vários clientes foram à residência de Roseli cobrar os pedidos. “Às 16h tinha pessoas na porta querendo pegar a ceia. Foi tumultuando e ficando um caos […] Faço um pedido de desculpas pelo transtorno, que foi grande, mas não estou me escondendo, estou ressarcindo.”

Depois, a moça, que trabalha há 10 anos no ramo alimentício, afirma que devolveu o dinheiro de todos que se sentiram lesados com o ocorrido.

Notícias semelhantes
Notícias mais populares dessa semana